Informações Gerais


  • Home
  • /
  • Informações Gerais

Conheça Formiga

Casarões antigos, igreja centenária, belas praças, museu histórico e lagos. Mirante do Cristo, cartão-postal de onde é possível contemplar toda a cidade. Tudo isso valoriza e engrandece Formiga, a Cidade das Areias Brancas, que está num Circuito Turístico, no qual moradores e visitantes podem aproveitar o Lago de Furnas, conhecido como o “Mar de Minas”.

Terra de boa comida, pessoas receptivas e acolhedoras. Um ótimo lugar para quem deseja lazer e descanso.

Nossa história

A origem do topônimo Formiga é explicada por três versões que são a base para diversos estudos sobre a história da cidade. Chegar a um censo comum sobre a origem da cidade torna-se uma tarefa difícil, pois não existem documentos que comprovem qualquer hipótese.

Por isso, este texto mostra o surgimento da cidade através das três versões, levando em consideração estudos de pesquisadores que ao longo dos séculos dedicam-se à pesquisa sobre Formiga.

A história de Formiga começa em 1675, com a bandeira de Diogo Castanho, mas foi em 1723 que Diogo Bueno adentrou na região para descobrir e povoar o Sertão do Rio Grande e Capivari.

Infelizmente, nossa história se perde durante muitos anos, tendo em vista a falta de documentos que registrem o período, e pode ser a diferença histórica entre entradas e bandeiras.

Mister se faz, então, considerarmos a história a partir de meados do século XVIII, ou seja, a partir de 1737, com a abertura da picada de Goiás, partindo de São João Del Rey com destino à nascente do Rio São Francisco e às minas de Goiás, e não Pitangui como se chegou a acreditar.

Provavelmente no início do século XVIII, diz a história que Bartolomeu Bueno da Silva, o Anhangüera, ou Diabo Velho na língua indígena, "numa de suas históricas diligências descobriu os afortunados mananciais do Rio Vermelho, nascente do Araguaia. O ouro constituía preocupação do governo, de todo mundo". Todas as atenções se voltam para Goiás, e todos queriam ouro, até que houve a proibição de novos caminhos, visando principalmente cobrar impostos para a coroa portuguesa.

A partir daí, inicia-se a história da região compreendida entre os Rios Grande e São Francisco, um marco diviso-histórico, na chamada Serra das Esperanças, delimitada portanto a área dentro da Comarca do Rio das Mortes, ou São João D´el Rey, uma das três criadas em 6 de abril de 1714 (as outras duas foram as de Sabará ou Rio das Velhas e Vila Rica (Atualmente Ouro Preto).

Reza a lenda que a origem do nome deriva de um senso comum entre os tropeiros, os quais, durante o ciclo da cana-de-açúcar, carregavam seus imensos fardos de açúcar e pousavam quase sempre às margens do rio que hoje corta a cidade. Certa vez, um dos carregamentos foi atacado por correições de formigas e os tropeiros obtiveram enorme prejuizo. A partir de então, o local foi denominado de Rio das Formigas, para que os viajantes que ali pousavam tomassem precauções contra os possíveis ataques dos insetos.

Nós respeitamos sua privacidade. Utilizamos cookies para coletar estatísticas de visitas para melhorar sua experiência de navegação. Saiba mais em nossa política de privacidade.

Aceitar Rejeitar